Sala Walter da Silveira exibe clássicos do cinema europeu


A “Mostra de Cinema Europeu” acontece até quarta-feira,12, na Sala Walter da Silveira, com exibição dos filmes “A Liberdade é Azul”, “Lacombe Lucien”, “Fanny e Alexander” e “O Nome da Rosa”. As sessões são gratuitas, sempre às 15h.

Confira a programação:

A Liberdade é Azul (Trois Couleurs: Bleu, FRA/POL, 1993) – Exibição em DVD
Quando: 6 e 12 de junho, às 15h
Direção: Krzysztof Kieslowski
Elenco: Juliette Binoche, Hélène Vincent e Emmanuelle Riva.
Duração: 100 minutos
Classificação: 12 anos
Sinopse – Após um trágico acidente em que morrem seu marido e sua filha, a famosa modelo Julie (Juliette Binoche) decide renunciar à sua própria vida. Ela se afasta de tudo e todos e assume o anonimato em meio à multidão parisiense. Essa existência fantasmagórica é abandonada quando ela decide se envolver com uma importante obra inacabada de seu marido, um músico de fama internacional.

Fanny e Alexander (Fanny och Alexander, Suécia,1982) – Exibição em Blu-Ray
Quando: 7 e 10 de junho, às 15h
Direção: Ingmar Bergman
Elenco: Ewa Fröling, Pernilla Allwin, Bertil Guve e Pernilla August.
Duração: 188 minutos.
Classificação: 14 anos
Sinopse – No início do século XX, após um alegre Natal na família Ekdahl, o pai de um casal de crianças vem a falecer. Deste momento em diante Alexander, o menino, passa a ver o fantasma do pai frequentemente. Tempos depois Emilie, sua mãe, casa-se com um extremamente rígido religioso e as crianças são obrigadas a deixar a casa da avó paterna, onde foram muito felizes, e passam a viver com a família do padrasto de hábitos severos, onde são tratados como prisioneiros.

Lacombe Lucien (FRA/ALE, 1974) – Exibição em DVD
Quando: 8 de junho, às 15h
Direção: Louis Malle
Elenco: Pierre Blaise, Aurore Clément e Holger Löwenadler
Duração: 138 minutos
Classificação: 14 anos
Sinopse – Durante o verão de 1944, no interior da França, um menino de 18 anos chamado Lucien Lacombe (Pierre Blaise) tenta ingressar na resistência, mas é dispensado pela sua idade. Cansado de viver nas sombras do seu pai, que é prisioneiro na Alemanha, e da sua mãe, que namora seu chefe na fazenda onde trabalha, o jovem vira policial alemão. Ele acaba conhecendo France Horn (Aurore Clément), a filha de um rico alfaiate judeu, e precisa decidir se abandona sua aliança aos nazistas para seguir seu coração.

O Nome da Rosa (Le Nom de la Rose, FRA/ALE, 1986) – Exibição em DVD
Quando: 11 de junho, às 15h
Direção: Jean-Jacques Annaud
Elenco: Sean Connery, Christian Slater e Valentina Vargas
Duração: 131 minutos
Classificação: 14 anos
Sinopse – Em 1327 William de Baskerville (Sean Connery), um monge franciscano, e Adso von Melk (Christian Slater), um noviço, chegam a um remoto mosteiro no norte da Itália. William de Baskerville pretende participar de um conclave para decidir se a Igreja deve doar parte de suas riquezas, mas a atenção é desviada por vários assassinatos que acontecem no mosteiro. Baskerville começa a investigar o caso, que se mostra bastante intrincado, além dos mais religiosos acreditarem que é obra do Demônio.

Mostra de Cinema Europeu
Filmes: A Liberdade é Azul”, “Lacombe Lucien”, “Fanny e Alexander” e “O Nome da Rosa”
Onde: Sala Walter da Silveira (Rua General Labatut, nº 27 – subsolo da Biblioteca Pública dos Barris)
Quando: até12 de junho (exceto dia 9), às 15H
Entrada: gratuita