Osba apresenta 3ª edição da Série Jorge Amado


A Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) apresenta a 3ª edição da Série Jorge Amado 2019 numa atmosfera muito especial. Nesta quinta-feira, 23 de maio, às 20h, no Teatro Castro Alves, a Osba encara um dos momentos mais desafiadores da atual temporada, ao interpretar a “Sinfonia nº 7 em Mi maior, WAB107”, obra do compositor austríaco Anton Bruckner (1824-1896). Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e seguem à venda nas bilheterias do teatro, postos de vendas dos SAC´s nos Barra e Bela Vista ou no site Ingresso Rápido.

Maestro Carlos Prazeres presta homenagem ao pai (Foto: Gabriel Camões | Divulgação)

A interpretação da obra possui um significado particularmente especial para o maestro Carlos Prazeres, pois remete ao período em que perdeu seu pai, o também maestro Armando Prazeres, há 20 anos, em 1999, após sofrer um sequestro relâmpago no Rio de Janeiro. Ele havia mostrado a sinfonia e convencido o pai a regê-la na temporada seguinte dias antes da tragédia, fato que impediu que aquele combinado entre pai e filho se concretizasse. “Esta sinfonia acabou virando uma grande lacuna de ligação entre nós”, declara Carlos que, exatamente 20 anos depois da morte do pai, conseguirá reger a obra pela primeira vez. Um momento, portanto, muito especial e simbólico da sua trajetória como regente e ainda de celebração da memória de seu pai.

Tubas Wagnerianas

A empreitada de reger um Bruckner em Salvador não é simples, a começar pela grande orquestração que traz a presença das chamadas “tubas wagnerianas”, instrumento de sopro que combina elementos tanto da trompa quanto da tuba. Foi inicialmente criado para O Anel do Nibelungo, ciclo de quatro óperas épicas do compositor alemão Richard Wagner (1813-1883). Os músicos e instrumentos vem de outros estados para compor a orquestração da Osba especialmente para a ocasião.

Osba apresenta Série Jorge Amado III
Regente: Carlos Prazeres
Quando: 23 de maio (quinta-feira)
Horário: 20h
Onde: Sala Principal do TCA
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Vendas: Bilheteria do Teatro Castro Alves, SACs Barra e Bela Vista e site Ingresso Rápido