Obras de Picasso estão confinadas em armazém em Tóquio


A maior coleção itinerante do Museu Nacional de Arte da Catalunha (MNAC) está confinada em um armazém em Tóquio, no Japão, após o cancelamento de uma exposição na capital japonesa pela pandemia de coronavírus. Na coleção estão incluídas as obras de Picasso, Miró e Dalí.

Pandemia fez com que organizadores não pudessem devolver obras à Espanha (Reprodução)

 

Os organizadores da exposição não podem devolver as obras para a Espanha, nem os técnicos do MNAC podem verificar pessoalmente suas boas condições, por conta da falta de voos.

De acordo com o Estadão Cultura, a coleção fez parte da exposição Barcelona, a Cidade dos Milagres Artísticos, que abriu na Galeria da Estação de Tóquio em 8 de fevereiro e foi suspensa vinte dias depois pela indicação do governo japonês de fechar grandes espaços com grande afluência para evitar contágio.