Mostra “O que guarda o silêncio nas pedras” segue em cartaz


A exposição “O que guarda o silêncio nas pedras”, da artista Luisa Magaly, fica em cartaz até o dia primeiro de novembro, na Galeria Cañizares. A visitação acontece de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 18h, com entrada gratuita.

A mostra de obras inéditas, com a curadoria do artista-pesquisador prof. Dr. Eriel Araújo, procura representar por meio do que define como corpos-objetos a inter-relação entre materialidade e imaterialidade. Das coisas intangíveis que se revelam e se ocultam por meio da essência vital das substâncias e volumes da natureza, retira os fundamentos para instaurar obras instalativas por meio de incorporações anímicas e procedimentos cerâmicos na arte.

Artista criou as obras no período que fazia mestrado na Ufba (Foto: Divulgação)

Petrificações, repousos, suspensões, materialidade e imaterialidade, tensões, fluidez, instabilidade e sutileza fazem parte de um conjunto de conceitos que convida a ver o que está além do visível nas obras.

As obras nasceram da pesquisa de mestrado em Processos de Criação em Artes Visuais pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais – UFBA, iniciada no ano de 2016, sob título homônimo.

Exposição O que guarda o silêncio nas pedras, da artista Luisa Magaly
Quando: até 1º de novembro, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 18h
Onde: Galeria Cañizares (Rua Araújo Pinho, 212 – Canela)
Entrada: Gratuita