Exposição no Museu da Misericórdia celebra os santos juninos


Segue até 22 de julho, no Museu da Misericórdia, a exposição “Antônio, João e Pedro – três faces da fé”. A mostra homenageia três dos mais populares santos católicos, por meio de suas histórias, vidas e iconografias, revisitando as tradições, os cultos e as representações que os envolvem.

A exposição conta com nove esculturas, sendo quatro alusivas a São Pedro, duas a São João e três a Santo Antônio. As peças, datadas do século XVIII ao XXI, foram confeccionadas com diferentes tipos de material, como gesso, madeira e metal. A visitação pode ser feita de terça a sexta-feira, das 8h30 às 17h30; aos sábados, das 9h às 17h; e aos domingos e feriados, das 12h às 17h. Os ingressos custam R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia).

São João, Santo Antônio e São Pedro são homenageados na mostra (Foto: Divulgação)

As esculturas são do acervo do próprio Museu da Misericórdia, da Loja Brasil Açu, do Museu Abelardo Rodrigues e também de coleções particulares. Destaque para o Santo Antônio de madeira, do século XVIII, uma imagem esculpida em pau oco. Esse tipo de imagem era utilizada em Minas Gerais para transportar ouro em pó e, assim, driblar os impostos da Coroa Portuguesa sobre o garimpo nos séculos XVII e XVIII.

História dos santos

Santo Antônio, o casamenteiro: batizado com o nome de Fernando de Bulhões, trocou o nome para Antônio em 1220 e ingressou na Ordem Franciscana. Sua maior fama é como santo casamenteiro, mas também é conhecido como ​​protetor dos pobres, idosos, grávidas, pescadores, barqueiros, viajantes e agricultores.

São João Batista, protetor dos doentes: de acordo com a Bíblia, foi ele quem batizou Jesus. É o mais famoso dos três santos de junho, tanto que as festas juninas são conhecidas como festas joaninas ou festas de São João. É protetor dos casados e enfermos, protegendo contra males como dor de cabeça e de garganta.

São Pedro, soberano da chuva: nascido com o nome de Simão, recebeu de Jesus o nome de Cefas (que significa pedra, em aramaico), devido à sua capacidade de liderança. É considerado o primeiro papa da Igreja, e, de acordo com a tradição católica, foi nomeado chaveiro do céu. Costumam ser atribuídos a ele o poder de fazer chover e mudar o clima.

Exposição “Antônio, João e Pedro – três faces da fé”
Onde: Museu da Misericórdia, na Rua da Misericórdia, nº 6. Praça da Sé.
Quando: até 22 de julho
Visitação: terça a sexta-feira das 8h30 até as 17h30, aos sábados, das 9h às 17h, e aos domingos e feriados, das 12h às17h.
Valor: R$ 6 (inteira) / R$ 3 (meia)