Escritor Sérgio Sant’Anna morre aos 78 anos


O escritor carioca Sérgio Sant’Anna morreu neste domingo, 10, vítima da covid-19. Ele estava internado no hospital Quinta D’Or, no Rio de Janeiro, desde o dia 3, com os sintomas da doença.

Sant’Anna lançou seu último livro em 2018, o ‘Anjo noturno’ (Wilton Junior | Estadão)

 

Nascido em 1941, um dos principais autores do país publicou seu primeiro livro, ‘O sobrevivente’, por conta própria, com o dinheiro emprestado do pai. Após passar oito meses em um programa de formação de autores nos Estados Unidos, publicou mais três livros nos anos 1970.

Os lançamentos contaram com a coletânea d contos ‘Notas de Manfredo Rangel, repórter’ (1973) e os romances ‘Confissões de Ralfo’ (1975) e ‘Simulacros’ (1977). Até hoje visto como um de seus melhores livros. Sant’Anna lançou seu último livro em 2018, o ‘Anjo noturno’.