Daniel Radcliffe responde J.K. Rowling: ‘Mulheres trans são mulheres’


O ator Daniel Radcliffe publicou nesta segunda-feira, 8, um texto em resposta a comentários feitos pela escritora da saga do bruxo Harry Potter, J. K. Rowling, relacionado a mulheres transgêneros.

“Mulheres trans são mulheres”, escreveu o ator que interpretou Harry Potter nas telonas.

Ator se pronunciou em texto publicado no Trevor Project (Foto: Divulgação)

“Qualquer declaração ao contrário apaga a identidade e a dignidade de pessoas transgênero e vai contra todos os conselhos dados por associações profissionais de saúde que têm muito mais experiência no assunto que Jo ou eu”, completou.

Radcliffe publicou o texto no site do Trevor Project, uma organização com objetivo de intervir em crises e prevenir suicídios entre pessoas da comunidade LGBT+.

O ator afirmou, no texto, que “78% dos jovens transgênero e não-binários relatam que foram alvo de discriminação por causa de sua identidade de gênero. Está claro que precisamos fazer mais para apoiar as pessoas transgênero e não-binárias, não invalidar suas identidades, e não causar maior dano”.

J. K. Rowling foi acusada de ser transfóbica quando questionou, na semana passada no Twitter, uma manchete que se referia a “pessoas que menstruam”: “Tenho certeza de que costumava haver uma palavra para essas pessoas. Alguém me ajuda. Wumben? Wimpund? Woomud?”, disse a escritora em tweet.

“A todos aqueles que agora sentem que sua experiência com os livros foi manchada ou diminuída, sinto profundamente pela dor que esses comentários causaram”, disse Daniel, se desculpando dos fãs da saga do bruxo.

Rowling negou ter sido transfóbica no comentário e que apoia pessoas trans. Contudo, a escritora destacou que “o sexo é real e tem consequências”.