Cultura do Sertão é tema da 17ª Semana de Museus


Entre os dias 13 e 19 de maio, os museus administrados pelo Instituto do Patrimônio Cultural da Bahia (IPAC) participam da 17ª Semana Nacional de Museus. Trata-se de uma temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) em comemoração ao Dia Internacional de Museus, celebrado no dia 18 de maio. Como já é tradição, durante essa semana, o IPAC oferecerá em seus museus uma programação especial ligada ao tema adotado neste ano pela instituição: “A Cultura do Sertão da Bahia nos Museus do IPAC”.

Na programação, atividades gratuitas e lúdicas, visitas mediadas, palestras, mostra cultural, oficinas de pintura, mosaico e de estamparia, além de rodas de conversa, exposições e exibição de filmes (veja abaixo).

Os museus geridos pelo IPAC e que farão parte programação especial são: Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, Museu Tempostal, Centro Cultural Solar Ferrão e Laboratório de Educação Digital (LabDimus), localizados no Pelourinho; Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), no 2 de Julho; Museu de Arte da Bahia (MAB), no Corredor da Vitória; Palacete das Artes, na Graça; além do Museu do Recolhimento dos Humildes, em Santo Amaro; e do Parque Histórico Castro Alves, localizado em Cabaceiras do Paraguaçu.

PROGRAMAÇÃO

PALACETE DAS ARTES
14/05/2019 – 18h
Lançamento do livro “O Mistério do Arco-Íris”, do artista baiano Ângelo Roberto, nos jardins do Palacete.

14 a 17/05/2019
Exposições do acervo de Mário Cravo Jr.: ‘Día de los Muertos en México’

16/05/2019 – 17h
PALESTRA – “Cangaço… fenômeno, crime e arte”, ministrada pelo geólogo e historiador Rubens Antônio

16h – Exibição de vídeos documentários sobre o Cangaço, na Sala de Cinema do museu.

19/05/2019
9h às 10h30 – Projeto Yoga para crianças, coordenado por Danièle Machat.

8h às 13h – Homenagem ao Mês das Mães – Projeto FloresSer Integração e Desenvolvimento com Dança Circular, auto maquiagem e dança do ventre; além de yoga, massagem facial relaxante e quick massage.

MUSEU DE ARTE MODERNA DA BAHIA (MAM)

Até dia 15 de junho
Exposição de Adriana Varejão – por uma retórica canibal.

MUSEU DE ARTE DA BAHIA (MAB)

13/05/2019 – 18h
ABERTURA – Exposição “Imagens dos Vaqueiros da Bahia”, com fotografias do acervo do IPAC, produzidas pelos fotógrafos Elias Mascarenhas e Lázaro Menezes. A mostra estará aberta ao público até o dia 19 de maio.

14/05/2019 – 14h
Palestra com o antropólogo Washington Queiróz para falar sobre “Imagens dos Vaqueiros da Bahia”.

MUSEU UDO KNOFF DE AZULEJARIA E CERÂMICA

14/05/2019 – 14h
ABERTURA – “Mostra Cultural: Saberes e Sabores de Irará”, com exposição de cerâmica tradicional, fotografias de Lucy Anunciação, telas de João Martins e apresentação do grupo Poemusik. Duração: três meses.

16/05/2019 – 09h às 11h
Oficina de Pintura em Azulejo com Estampa de Cordel.

17/05/2019- 14h às 16h
Oficina de Mosaico.

MUSEU TEMPOSTAL
14/05 – 15h
ABERTURA – Exposição “Canudos: Cultura em Movimento”. Período: 14/05 a 31/05.

15/05 a 31/05 – 14h às 17h
Exibição dos filmes: “Três Vezes Canudos – a biografia de uma cidade”; “Paixão e Guerra no Sertão de Canudos” e “Vaqueiros Canudos”; “Paixão e guerra nos sertões de Canudos” e “Um sino dobra em Canudos”.

CENTRO CULTURAL SOLAR FERRÃO
14/05 – 16h
ABERTURA – Exposição “Retalhos do Sertão”, do artista plástico baiano Eduardo Lima (em cartaz até 15/6).

15/05 – 09h às 11h
Oficina de Estamparia em Ecobags. A oficina propõe trabalhar alinhada à Coleção de Arte Popular exposta no Solar Ferrão. Inscrições através do e-mail: [email protected] e do telefone: (71) 3116-6743.

MUSEU DO RECOLHIMENTO DOS HUMILDES
06/05, às 10h – Abertura da exposição dupla
Exposição “Ars Moriendi: a representação da finitude da vida nas lápides tumulares da Ordem Terceira do Carmo de Cachoeira” aborda, em 30 réplicas de carneiras, os aspectos socioculturais, religiosos, artísticos vinculados a iconografia da morte. Em cartaz até 31/05.

Exposição “Afro Barroco Cachoeira, Recôncavo da Bahia, Religiosidade” traz 21 fotos de Jomar Lima realizadas na Ordem Terceira do Carmo, em Cachoeira, e traz em sua composição as religiosas do candomblé e o espaço católico. Em cartaz até 31/05.

14/05
10h – Abertura da Exposição “Bembé do Mercado, Registros de Tradição e Fé”, dos artistas de Santo Amaro Babá Geri (peças artísticas e litúrgicas feitas em palha da costa, argila e búzios) e Edson Ferreira (registros fotográficos do Bembé). Com recital de Carlos Barros. Em cartaz até 31/05.
14h às 16h – Roda de Conversa “Arte e Religiosidade” com o artista Edson Ferreira e convidados.

15/05
11h – Roda de Saberes “Corpo e Arte Negra”, do projeto Cultura e Negritude (UFRB).
17h – Performance “Lugar de Preta”, do projeto Cultura e Negritude (UFRB).

16/05
9h às 11h – Roda de Conversa “Mimó; o sagrado no Bembé” com Baba Geri.

17/05
9 às 11h – Roda de Conversa “Arte e Religiosidade” com o artista Edson Ferreira e convidados.
14h – Roda de Saberes “Patrimônio do Povo Negro: Saberes, Memórias e Raízes Ancestrais”.
17h – Missa Afro.

Dia 22/05
9h às 11h – Roda de Conversa “Mimó; o sagrado no Bembé” com Baba Geri.

ENCERRAMENTO
Feira Cultural de Irará
Em 18/5 (das 10h às 22h) e 19/5 (das 10h às 15h) na Praça Tereza Batista, sendo que no sábado (18/5) será cobrada uma taxa de R$ 15 a partir das 18h para aqueles que quiserem prestigiar os shows.

LABDIMUS
07/05 a 09/05 – 13h às 16h
Oficina de Cordel – Tradição e Modernidade. A atividade propõe uma ação com a perspectiva da criação e a produção de cordel na contemporaneidade. Inscrições pelo telefone 3116-6714 ou e-mail [email protected]

PARQUE HISTÓRICO CASTRO ALVES
14/05 a 17/05 – 10h às 16h
AÇÃO EDUCATIVA: Contação de História – O Projeto “Sopa de Letras” abordará histórias da cultura sertaneja.

14/05 a 19/05 – 09h às 17h
EXPOSIÇÃO – Exposição Temporária “Uma Casa Sertaneja”. Uma viagem às nossas raízes culturais.

14/05 e 15/05 – 16h às 17h
Roda de conversa com a comunidade, mediada pela psicopedagoga Karina Machado, com o tema “Museus como Núcleos Culturais: O Futuro das Tradições Culturais Sertanejas”.

14/05 – 19h às 22h
“Sarau no Parque”, projeto consolidado com a cantora Priscila Sales, muita música, poesia, dança e cultura através dos grupos de Samba de Roda: Rua das Pedrinhas e Raízes do Paraguaçu.

16/05 e 17/05 – 15h às 17h
Oficina de confecção de esteiras de palha de licuri, mediada por Gilvana Dias e Dona Joana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *