“CRI – o homem e o tempo” encerra temporada no Teatro Gamboa Nova


O espetáculo “CRI – o homem e o tempo”, com os atores Benin Ortiz e Ricardo Fagundes, encerra temporada sábado, 16, no Teatro Gamboa Nova. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

A peça é uma adaptação do livro “O Profeta”, de Khalil Gibran. Apresenta a vida de Cri, um sábio que reflete e questiona os conceitos de beleza, amor, razão, paixão, liberdade, trabalho, filhos, relacionamentos, morte e o tempo.

A história de vida de Cri, desde sua concepção até sua morte, é contada e vivida por dois narradores-personagens, que se metamorfoseiam entre seres reais e fantásticos e se utilizam do teatro físico, uma das marcas da linha de pesquisa do grupo Estado Dramático.

É uma representação física e vigorosa, que expõe o pensamento profundo e criativo do sábio Cri. Cria um encontro íntimo e ao mesmo tempo coletivo com o público, numa viagem pelos caminhos da alma.

Peça será exibida em dois horários no sábado (Foto: Divulgação)

Maurício Assunção é responsável pelo roteiro, direção e preparação de ator. A música é de Emerson Cabral e Cassius Cardozo, o figurino e maquiagem de Rino Carvalho e a costureira é Angélica Paixão. Já as Aaulas de dança são de Jocélia Freire e o cenotecnico é realizado por Roberto Batista.

Espetáculo CRI – o homem e o tempo
Quando: sábado, 16, às 17h e 20h
Onde: Teatro Gamboa Nova (Rua Gamboa de Cima, 3, Aflitos)
Ingresso: R$ 20
Vendas: bilheteria do local