Chadwick Boseman, o ‘Pantera Negra’, morre aos 43 anos


O ator Chadwick Boseman, astro do filme ‘Pantera Negra’, onde ele era o protagonista T’Challa, morreu nesta sexta-feira (28), aos 43 anos, vítima de um câncer no cólon. Ele lutava contra a doença desde 2016.

Chadwick morreu em casa e lutava contra a doença há quatro anos (Reprodução)

A triste notícia foi confirmada pela família de Chadwick nas redes sociais. “É com imensurável pesar que confirmamos a morte de Chadwick Boseman. Chadwick foi diagnosticado com câncer de cólon de estágio 3 em 2016, e lutou contra ele nestes últimos quatro anos conforme progrediu para estágio 4”, dizia a mensagem no Twitter.

Segundo a própria família, ele morreu em sua casa, acompanhado da mulher e da família. O ator nunca havia falado publicamente sobre a doença.

O americano Chadwick Aaron Boseman nasceu na Carolina do Sul, e começou a carreira na televisão, com um pequeno papel na série “Parceiros da Vida”. Depois de participações em séries como “Lei & Ordem” e “Plantão médico”, ele ganhou seu primeiro papel regular em “Lincoln Heights”, em 2009.

Seu primeiro personagem de destaque no cinema veio como o protagonista de “42: A História de uma Lenda” (2013), que ele interpretava o jogador de beisebol Jackie Robinson, que em 1947 se tornou o primeiro negro a entrar para um time da principal competição dos Estados Unidos, a Major League Baseball.

Em 2016 ele estreou no filme “Capitão América: Guerra Civil”, como T’Challa, o Pantera Negra – primeiro herói negro criado pela Marvel. Em 2018 Chadwick protagonizou o sucesso de bilheteria que leva o nome do herói de Wakanda. O filme atingiu a marca do US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, ganhou três Oscar e foi indicado a outros quatro — entre eles, o de melhor filme.